O Papa Francisco presidiu, na praia de Copacabana, à Via Sacra da 28.ª Jornada Mundial da Juventude (JMJ), um dos momentos mais esperados pelas centenas de milhares de peregrinos que assistem ao evento, no Rio de Janeiro.

O Papa chegou à cerimónia em papamóvel, depois de percorrer quatro quilómetros da avenida Atlântica, até ao palco principal do evento, na praia de Copacabana.

Uma multidão acompanhou a passagem de Francisco, fiéis gritavam eufóricos e muitas crianças foram beijadas e abençoadas pelo Papa.

O líder católico, quebrando o protocolo, desceu algumas vezes do papamóvel para cumprimentar os fiéis, benzeu uma imagem de São Francisco de Assis e recebeu inúmeras prendas dos peregrinos.

Durante a encenação da Via Sacra, vinte jovens farão a guarda de honra da cruz de Cristo, mais 42 acólitos, vários militares da Marinha com fardas de cerimónia e 182 jovens, representarão cada um dos países que participam da JMJ e acompanharão o cortejo da Via Sacra.

Os atores Heriberto Leão, Cássia Kiss (no papel de Maria, mãe de Jesus), Narjara Turetta, entre outros, participam na encenação da Via Sacra, que se realiza em vários palcos, representando as 14 estações da Via Sacra.

O Papa Francisco permaneceu no palco principal e acompanhou toda a encenação através dos ecrãs gigantes instalados no local.

Uma orquestra, instalada próxima ao palco principal, executou as várias músicas que acompanharam o cortejo.

O papa Francisco, que realiza sua primeira viagem internacional desde que se tornou papa, está no Brasil para a 28.ª Jornada Mundial da Juventude (JMJ) no Rio de Janeiro, que decorre até ao domingo.