Renee Radziwon-Chapman, uma das tratadoras de animais de uma reserva natural, foi atacada por um puma quando se encontrava dentro da jaula.

O anúncio foi divulgado pelas autoridades locais em comunicado à CNN.

Ainda não ficou claro o porquê de a jovem de 36 anos ter entrado sozinha na jaula do puma sem antes manter-se em segurança. Mas os trabalhadores da reserva natural já revelaram que era algo muito frequente e que a tratadora nunca receou ser atacada.

O caso ocorreu no sábado, no estado de Oregon, nos Estados Unidos.

A polícia garante que a segurança do público nunca esteve em causa, uma vez que a reserva natural está proibida ao público e apenas existe para manter em cativeiro este tipo de animais.