O suspeito de terrorismo Mohammed Ahmed Mohamed, de 27 anos, que cumpria prisão domiciliária, foi visto pela última vez na passada sexta-feira, numa mesquita, perto de Londres, em Inglaterra.

As imagens de videovigilância mostram o indivíduo a deixar o local com o rosto totalmente coberto por uma burca.

As autoridades locais acreditam que o suspeito possa estar associado ao grupo militante somali Al-Shabad, mas garantem que Mohammed não representa qualquer tipo de ameaça.

Quem tiver mais informações sobre o paradeiro de Mohammed deverá contactar imediatamente as autoridades locais.