Uma jovem de 24 anos morreu esta quarta-feira devido aos graves ferimentos que sofreu no descarrilamento registado há uma semana no metro de Moscovo, elevando para 23 o número de vítimas mortais do acidente na capital russa.

A vítima é uma mulher natural da capital e segundo fonte médica citada pela agência Interfax, tudo foi feito para a salvar.

O acidente, o mais grave na história do principal meio de transporte da capital russa, deixou ainda 150 feridos, a maioria dos quais continua internada.