Os rebeldes sírios assumiram o controlo da cidade cristã de Maaloula, a norte de Damasco, depois de confrontos noturnos com as tropas do regime de Bashar al-Assad, disse o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

«Durante a noite, as tropas do regime entraram na cidade, mas os rebeldes conseguiram tomar o controlo», disse o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahmane, citado pela agência France Presse.

Os combates causaram pelo menos 17 mortos e mais de 100 feridos entre os rebeldes e dezenas de mortos e feridos nas fileiras das forças governamentais, segundo o OSDH, que tem sede em Londres.

Contactado telefonicamente pela France Presse, um habitante da cidade confirmou a retirada do exército e a presença de forças rebeldes em Maaloula, uma das mais importantes localidades cristãs da Síria.

«Os rebeldes estão em toda a cidade de Maaloula. As tropas do Governo retiraram-se», disse a testemunha, dando conta de uma manhã calma na cidade.

Maaloula, situada 55 quilómetros a norte da capital Damasco, com cerca de 5.000 habitantes, é conhecida pelos seus abrigos rupestres que datam dos primeiros séculos do Cristianismo. A maioria dos seus habitantes cristãos é católica grega.