A Rússia garante que não tem plano para invadir a Ucrânia. A garantia é dada pelo ministro da Defesa russo ao secretário de defesa norte-americano, Chuck Hagel.

A informação foi avançada pelo Pentágono que refere a conversa telefónica mantida entre os responsáveis da defesa da Rússia e dos Estados Unidos.

Durante a chamada telefónica Chuck Hagel pediu explicações ao homólogo de Moscovo sobre o envio de tropas russas para a fronteira leste da Ucrânia.

Teve como justificação a realização de exercícios militares sem que haja intenção de passar a fronteira e avançar a invasão.



A mesma garantia já tinha sido dada por Vladimir Putin, terça-feira passada, aquando da assinatura do tratado de anexação da Crimeia à federação russa.

Esta quinta-feira o clima de tensão entre os Estados Unidos e a Rússia aumentou. O presidente norte-americano, Barack Obama anunciou que vai alargar as sanções impostas à Rússia devido à situação na Crimeia e, minutos depois, a Rússia respondeu avisando que também vai decretar sanções a representantes oficiais norte-americanos, escreve a Reuters.