A Rússia não vê utilidade em novas conversações internacionais sobre a Ucrânia e considera que a solução só pode ser alcançada através de um diálogo entre Kiev e as regiões separatistas, afirmou esta segunda-feira o chefe da diplomacia russa.

«Voltar a reunir de forma quadripartida não faz sentido», disse Serguei Lavrov, questionado sobre a possibilidade de uma nova ronda de conversações entre a Rússia, Ucrânia, União Europeia e Estados Unidos.

«Nada funciona se os opositores ao regime não forem incluídos num diálogo direto sobre uma saída para a crise», acrescentou o ministro dos Negócios Estrangeiros russo.