Um reformado canadiano ganhou 28 milhões de euros na lotaria e decidiu doar o prémio a quem mais precisa.

Tom Crist estava a jogar golfe quando soube que tinha vencido a lotaria. Foi em maio deste ano mas manteve a informação secreta até partilhar com os filhos o seu plano.

Juntos, escolheram várias obras de caridade para o doar o dinheiro, tudo em memória da matriarca da família.

Após 33 anos de casamento, a mulher de Crist morreu vítima de cancro o ano passado. A maior parte do dinheiro será por isso doada para a pesquisa e tratamento do cancro.

40 milhões de dólares canadianos ou seja 28 milhões de euros é o prémio mais alto atribuído na provincia de Alberta, em Calgary, no Canadá. Apesar disso, Tom Crist não quis ficar com nem um tostão.

Com o Natal à porta nada melhor do que uma história de enorme generosidade como esta.