Pelo menos cinco pessoas morreram, esta noite, na sequência de um novo ataque na costa do Quénia, numa zona onde há uma semana foram mortas pelo menos 60 pessoas, informou hoje a polícia.

O ataque ocorreu durante a madrugada numa pequena aldeia perto da cidade de Witu, a cerca de 40 quilómetros a oeste da ilha turística de Lamu.

Este foi o terceiro ataque do género no espaço de um mês na mesma zona, de acordo com o comissário de Lamu, Stephen Ikua.