O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou esta madrugada aos rebeldes pró-russos a abertura de um corredor humanitário para as tropas ucranianas cercadas após a tomada pelos rebeldes da cidade de Novoazovsk.

«Apelo aos rebeldes que abram um corredor humanitário para as tropas ucranianas que foram cercadas a fim de evitar vítimas desnecessárias e dar-lhes a oportunidade de se retirarem da zona de operações», disse Vladimir Putin em comunicado.

As autoridades da Ucrânia disseram quinta-feira que a cidade de Novoazovsk, no leste do país, tinha sido tomada por blindados de Moscovo logo após o disparo de mísseis Grad a partir de território russo.