Uma mulher está a processar um hospital, no Reino Unido, pelo facto dos médicos que a operaram terem-se esquecido de um tudo de quatro centímetros dentro do seu corpo.

Segundo o Daily Mail, a mulher acabou por perder metade do pulmão. Julie Jones, de 51 anos, foi operada ao baço, em 2009, e pensou que tinha ficado totalmente recuperada.

No entanto, depois de um longo período a sentir-se mal acabou por procurar ajuda médica que detetou o tubo. Os médicos ainda tentaram tentar o tubo sem operar a mulher, mas não conseguiram.

Os danos causados levaram mesmo a que a mulher perdesse metade de um pulmão. A equipa médica adiantou ainda que o tubo estava apenas a um centímetro do figo que poderia ter sido danificado.

Julie Jones declarou ao jornal que quando descobriu a verdade ficou «agoniada» e não entende «como 10 médicos não viram que tinha um tubo dentro do peito».