Já não é a primeira vez que o Papa Francisco participa numa «selfie». Desta vez foi durante o encontro com os jovens asiáticos no Santuário Solmoe, em Dangjin, na Coreia do Sul.



A primeira «selfie» do Papa foi em agosto de 2013, tirada dentro da Basílica de S. Pedro com alguns jovens italianos da diocese.





O Papa, que está de visita à Coreia do Sul de 14 a 18 de agosto, pediu aos coreanos para orarem e trabalharem para unir a península dividida.

«Vamos orar pelos nossos irmãos do Norte», disse.

«Senhor, nós somos uma família. Ajude-nos a alcançar a unidade. Pode fazê-lo. De modo a que não haja vencedores ou vencidos. Apenas uma família, apenas irmãos», continuou, desviando-se do texto que tinha preparado.