Pelo menos 22 pessoas morreram, 33 continuam desaparecidas e 25 sobreviveram ao naufrágio de um barco nas águas ao largo da ilha indonésia de Java, com o qual tentavam alcançar a costa australiana para pedir asilo.

Quatro crianças encontram-se entre as vítimas mortais do acidente que ocorreu, na sexta-feira, a sul da ilha de Java, onde as operações de busca e salvamento eram dificultadas, às primeiras horas de hoje, pelo estado do mar, de acordo com a rádio australiana ABC.

A bordo da embarcação seguiam cerca de 80 imigrantes ilegais oriundos do Líbano, Iraque e Paquistão, segundo dados das autoridades indonésias, apesar de a imprensa local dar conta de 120 passageiros, escreve a Lusa.