John Jackson, 40 anos, foi encontrado morto pelos familiares, no apartamento de West Midlands, na Inglaterra, após ingerir um pacote inteiro de rebuçados de menta «Hero Instant Energy Mints».

A informação nutricional revela que cada rebuçado contem mais cafeína do que uma bebida energética, como o Red Bull. Isto é, o consumo de um pacote inteiro equivale a 12 bebidas.

De acordo com as análises médico-legais, o britânico teria 155 mg de cafeína por litro de sangue, valor 10 vezes superior ao recomendável.

A médica legista Dragana Cvijan declarou que a causa da morte de Jackson foi efetivamente uma overdose de cafeína.

Em comunicado, Paul Hayes e Steve Hones, produtores da guloseima revelaram-se chocados com a notícia. Contudo, os fabricantes realçam o facto de constar na informação nutricional do doce a recomendação para o consumo máximo de 5 rebuçados por dia.