Homens armados alegadamente da Resistência Nacional Moçambicana (Renamo), principal partido da oposição, feriram gravemente um motorista de um camião no distrito de Rapale, província de Nampula, norte de Moçambique, durante um ataque.

Com o ataque desta sexta-feira, é a terceira vez que o distrito de Rapale é alvo de incursões de alegados homens armados da Renamo, depois de dois ataques anteriores terem resultado num morto e vários feridos e desaparecidos.

«Ouvimos disparos logo às quatro horas, mas não conseguimos ver quantas pessoas estavam a disparar. O motorista do camião não parou, mesmo depois de ter sido baleado e o carro crivado de balas, teve a força de ir até à sede do distrito», disse à Lusa um residente de Rapale.