A chanceler alemã vai apoiar o líder da oposição da Ucrânia e campeão de boxe daquele país, Vitali Klitschko, em alternativa à recandidatura do atual presidente, Viktor Yanukovich, noticia hoje o semanário «Der Spiegel».

De acordo com o jornal alemão, o apoio da chanceler e dos partidos mais conservadores da União Europeia vai incluir aparições públicas e encontros bilaterais com o candidato, que está radicado na Alemanha.

Ainda segundo as informações recolhidas pelo jornal, o candidato presidencial vai intervir na próxima reunião de líderes populares da Europa, que será realizada em meados deste mês, em Bruxelas, e terá uma reunião com Angela Merkel.