O suspeito de provocar o ataque bombista na Maratona de Boston Dzhokhar Tsarnaev esteve, na quarta-feira, em tribunal. Em frente às vítimas e familiares de vítimas, o suspeito garantiu não ser culpado das acusações.

Durante a curta audiência, o rapaz de 19 anos, vestido com o fato cor de laranja dos presidiários, alegou estar inocente. Os 30 crimes de que é acusado são, nomeadamente, de posse de armas de destruição massiva e de ter matado quatro pessoas, de acordo com o site «upi.com».

O suspeito vai regressar a tribunal no dia 23 de setembro.

O Ministério Público ainda não decidiu se implementará a pena de morte a Tsarnaev.