Um dos momentos mais descontraídos na cerimónia veio do antigo presidente da Zâmbia Kenneth Kahunda. Foi apresentado como um dos pais do continente africano.

Kenneth Kahunda devia fazer um elogio a Nelson Mandela desde a plateia por não conseguir andar bem. Eis se não quando começou a correr.

Risos e aplausos entre os 4500 convidados da cerimónia.