O Presidente sul-africano, Jacob Zuma, foi reconduzido esta quarta-feira na chefia do Estado pelos deputados para um segundo mandato de cinco anos, depois da vitória do seu partido, o Congresso Nacional Africano (ANC), nas eleições legislativas de 07 de maio.

«Declaro Jacob Gedleyihlekisa Zuma devidamente eleito Presidente da República sul-africana», disse o presidente do Tribunal Constitucional, Mogoeng Mogieng, no final da sessão de abertura da assembleia nacional.

Os partidos da oposição não apresentaram qualquer candidato à presidência.