O ministro dos Serviços de Informações de Israel, Yuval Steinitz, negou este sábado as notícias sobre espionagem contra os Estados Unidos, sublinhando que «alguém está a tentar sabotar» as relações bilaterais.

«Fico com a impressão de que alguém está a tentar sabotar as excelentes relações de cooperação nas áreas da informação (serviços secretos) entre os Estados Unidos e Israel», disse o ministro à estação de televisão estatal, One TV e à rádio do Exército israelita.

«Em todos os meus encontros com os chefes dos serviços secretos e responsáveis políticos pelos serviços, não recebi qualquer queixa sobre atos de espionagem de Israel contra os Estados Unidos», afirmou.