Pelo menos 14 pessoas morreram esta quarta-feira num atentado com um carro armadilhado que explodiu junto a uma igreja na capital iraquiana, Bagdad, onde várias pessoas celebravam o Natal, segundo fontes das forças de segurança.

A explosão, que ocorreu na área de Dura, na zona sul da capital, também provocou pelo menos 30 feridos, de acordo com as mesmas fontes.

A população cristã no Iraque tem diminuído nos últimos anos devido aos ataques sectários sangrentos que se seguiram à invasão do país pelos Estados Unidos, em 2003.