Juan Pablo Escobar, filho do narcotraficante Pablo Escobar, lançou uma marca de roupa,que inclui t-shirts e calças com imagens do pai e dos seus documentos.

Nas t-shirts, aparece o cartão de crédito e o bilhete de identidade de Escobar, considerado um dos maiores traficantes da história. Além disso, aparecem também várias frases escritas, ditas pelo traficante. Cada t-shirt custa entre os 44 e 70 euros.

O narcotraficante Pablo Escobar foi abatido há 20 anos por ter assassinado e mandado matar centenas de pessoas entre os anos 80 e 90. O filho tudo fez para mudar a imagem que o país tem dele e da família, inclusive já pediu desculpa à comunidade colombiana e assume-se como um pacifista, mas nada adiantou.

«Percebo perfeitamente que centenas de pessoas tenham sido maltratadas pelo meu pai, mas esta marca de roupa não lhe pretende fazer nenhuma espécie de tributo: é uma busca pela paz. Quero ser o primeiro a dar o exemplo e mostrar que os atos cometidos pelo meu pai não devem ser reproduzidos», contou Juan Pablo ao jornal espanhol El País.

Juan Pablo Escobar, de 36 anos, tinha usado o pseudónimo Sebastián Marroquín para criar esta controversa marca de roupa, mas nem isso o salvou da má fama.

Embora a marca esteja a ter um grande sucesso fora do país, nomeadamente no México, a Colômbia proibiu a venda deste tipo de vestuário em todo o país.

«A marca está registada em vários países e até agora não temos tido nenhuns problemas», tranquiliza Juan Pablo.