O Senado norte-americano acordou na segunda-feira avançar com a aprovação de uma lei que proíbe todo o tipo de discriminação no trabalho por orientação sexual. A medida poderá não contar com votos favoráveis suficientes na Câmara dos Representantes.

A proposta de lei de Não Discriminação no Emprego (ENDA) é a primeira legislação contra a discriminação laboral feita a pensar nos grupos de lésbicas, homossexuais, bissexuais e transsexuais na História dos Estados Unidos.

A votação que permitirá avançar a proposta de lei contou com 61 votos a favor, sete dos votos da ala republicana, e garante que o texto será aprovado antes do fim de semana de forma a ser imediatamente debatido na Câmara Baixa,dominada por republicanos.