Os Estados Unidos começaram a utilizar aviões não tripulados para sobrevoar Bagdad e proteger a sua embaixada na capital iraquiana, referiram fontes do Pentágono citadas pelo New York Times.

Segundo o diário nova-iorquino, os «drones» estão armados com mísseis «Hellfire», que foram enviados desde o Kuwait.

Até ao momento, os Estados Unidos sobrevoavam o Iraque apenas com aparelhos não tripulados de vigilância, sem mísseis, para recolher informações sobre os movimentos dos «jihadistas» sunitas do Estado Islâmico no Iraque e Levante (ISIS), que avançaram a partir da Síria e ameaçam Bagdad.