Dez pessoas, incluindo cinco crianças, morreram e oito ficaram feridas após a explosão de uma botija de gás que destruiu dois prédios vizinhos numa cidade central do Egito.

O acidente aconteceu em Malawi, província de Minya, na noite desta quinta-feira, de acordo com fontes oficiais.

Entre os que morreram estavam cinco crianças, incluindo um bebé de nove meses.

A botija de gás explodiu durante a preparação de uma refeição tradicional, a chamada «iftar», em que os muçulmanos quebram o jejum ao anoitecer durante o mês sagrado do Ramadão.

Nos prédios atingidos viviam dois irmãos com as suas famílias, enquanto num prédio adjacente vivia o terceiro irmão, ficando o edifício danificado.