Um especialista da Organização Mundial de Saúde (OMS), que está destacado na Serra Leoa para combater a epidemia de Ébola, contraiu o vírus que provoca a febre hemorrágica, divulgou hoje a agência das Nações Unidas.

De acordo com um porta-voz da OMS em Genebra, o paciente é um epidemiologista.

É a primeira vez, segundo a organização, que um membro das equipas da OMS destacadas no terreno é infetado com o vírus do Ébola.