Um drone norte-americano bombardeou na quinta-feira um comboio no qual viajavam os convidados de um casamento na província de Al Baida, no centro do Iémen.

As fontes iemenitas revelaram que o ataque terá provocado a morte de pelo menos 14 pessoas e ferido mais de 20.

De acordo com a CNN, suspeita-se que militantes da organização terrorista al-Qaeda estivessem no comboio, mas ainda não foi possível confirmar esta informação.

Os cidadãos iemenitas criticam a presença destes aviões não tripulados que quase diariamente sobrevoam o país e apelam ao fim destas práticas.

Segundo as autoridades norte-americanas, a organização al-Qaeda na Península Arábica, que inclui combatentes sauditas e iemenitas, terá no Iémen a sua base de operações e contará com campos de treino em todo o país.