Os corpos dos dois jornalistas franceses da Rádio França Internacional assassinados no Mali chegaram esta terça-feira a Paris. As informações foram divulgadas pela agência AFP citando uma fonte no aeroporto Charles de Gaulle.

O avião da Air France que transportava os corpos de Ghislaine Dupont, de 57 anos, e Claude Verlon, de 55, chegou pouco depois das 07:00 locais (06:00 em Lisboa).

Os caixões com os corpos de Ghislaine Dupont e Claude Verlon foram carregados num voo da companhia Air France, que partiu cerca das 23:50 de segunda-feira (mesma hora de Portugal) do aeroporto de Bamako-Sénou, na presença do ministro maliano da Comunicação, Jean-Marie Sangaré, revelou a AFP.

Ghislaine Dupont e Claude Verlon foram assassinados no sábado, poucos minutos depois de terem sido sequestrados por um pequeno grupo de homens armados em Kidal, cidade a cerca de 1 500 quilómetros a nordeste de Bamako, no Mali.

No domingo os corpos foram levados para Bamako por um avião militar francês.

O Presidente francês, François Hollande, informou na segunda-feira, em comunicado, que estaria esta terça-feira de manhã no aeroporto de Roissy, à chegada do avião com os corpos dos dois jornalistas.

O Mali homenageou na segunda-feira os dois profissionais. O Presidente, Ibrahim Boubacar Keita, prometeu fazer tudo para encontrar os seus assassinos.