A cidade de Kiruna, no norte da Suécia, que conta com cerca de 18 mil habitantes, situa-se no topo de uma das maiores reservas de ferro. Com o aumento da procura, a empresa de exploração mineira estatal Luossavaara-Kiirunavaara Aktiebolag (LKAB) vai transferir a cidade para um novo lugar. A mudança deve-se ao facto da exploração mineira pôr em causa a estrutura da cidade.

Ao longo dos anos, foram aparecendo fendas nos edifícios da cidade, o que obrigou a empresa de exploração mineira a agir. Foi então anunciada a decisão de mover o centro da cidade e transferi-lo para três quilómetros a leste da atual localização.

A deslocação do centro urbano será financiada por duas empresas, a «White Arkitekter» e a «Ghilardi + Hellsten», responsáveis pela reorganização do novo município sueco.

Espera-se que a mudança esteja concluída nas próximas duas décadas. «Já devíamos ter começado o processo em 2009 ou 2010», declarou Peter Johansson da construtora ao jornal americano «The Wall Street Journal», preocupado com os danos já causados.