Um casal de norte-americanos saltou para a morte da ponte George Washington, que liga Nova Iorque Nova Jérsia, depois de, segundo acredita a polícia ter assassinado, o tio de 70 anos devido a uma disputa financeira.

O casal saltou da ponte na passada segunda-feira quando passava pouco das 11:00 da manhã. Retirados das águas do rio pouco depois acabaram por morrer já no hospital. Antes, pela 1:00 da madrugada, a poucos quilómetros da ponte, a polícia encontrava um homem de 70 anos morto por asfixia.

Nas dias seguintes, a investigação da polícia descobriu que o homem vivia com a sobrinha e o namorado, com 40 e 41 anos, que teriam retirado dinheiro da conta bancária do idoso sem que este soubesse.

No local do crime, os polícias encontraram um bilhete que indicava que o casal que ali vivia poderia atentar contra a própria vida. Do local, desapareceu ainda o carro do homem assassinado.

Um agente da polícia local ligou os dois acontecimentos ao ver nas notícias o suicídio de um casal e a tentativa das autoridades em identificar os corpos.

Os dois cadáveres foram identificados como sendo do casal que vivia com o idoso assassinado.

Entre os objectos que tinham quando soltaram para a morte estava, no bolso, a chave do carro do tio que tinham acabado de asfixiar.