Mais de 250 cientistas internacionais pediram ao Governo do estado da Austrália Ocidental que elimine o polémico programa de captura e matança de tubarões de três metros utilizado pata proteger os banhistas, informou hoje a imprensa local.

Tubarão branco fecha praias na Austrália

A Autoridade de Proteção Ambiental (EPA) da Austrália Ocidental, que está atualmente a avaliar a extensão do programa implementado no verão austral naquela jurisdição, recebe comentários até segunda-feira.

O biólogo norte-americano Elliott Norse, que subscreveu o documento enviado à EPA, disse que matar os tubarões, como o tubarão tigre, «é uma ideia terrível», segundo a cadeia australiana ABC.