Estão a decorrer buscas nos escritórios presidenciais que foram ocupados por Ianukovich, na Ucrânia, assim como no Banco Nacional ucraniano e também noutros lugares de relevo. As diligências foram anunciadas pelo procurador-geral ucraniano na sua página da Internet.

Notícia em atualização