Um atentado suicida que tinha como alvo um autocarro do exército afegão causou esta terça-feira a morte de cinco militares e feriu nove pessoas, incluindo quatro soldados, noticia a AFP, ao citar o Ministério do Interior.

«O Ministério do Interior condena veementemente o atentado suicida contra o veículo do Exército Nacional Afegão (ANA) em Cabul, que matou cinco militares e feriu outros quatro soldados e cinco civis», escreveu Sediq Sediqqi, o porta-voz do Ministério do Interior, na sua conta de Twitter.





Já a agência Efe refere a morte de sete pessoas e 16 feridos, citando fonte oficial.