Uma explosão fez pelo menos nove feridos, esta segunda-feira, no metropolitano de Santiago do Chile, no Chile. O Governo já condenou o ataque, que classificou como «ato terrorista», avança a agência France Presse.

«Pessoas inocentes foram afetadas por este ato terrorista. O Governo vai recorrer à Lei Antiterrorista», afirmou o porta-voz do governo chileno, Álvaro Elizalde.

A explosão aconteceu cerca das 14:00 (18:00 em Lisboa) na estação Escuela Militar, no bairro de Las Condes.

De acordo com as autoridades chilenas, a explosão foi provocada por um artefato que estava dentro de um cesto de lixo perto de um estabelecimento que vende comida na galeria subterrânea que dá acesso à estação.