Mais de meio milhão de refugiados angolanos regressaram ao país desde o fim da guerra, em 2002, divulgou hoje o Executivo de Luanda, que está a preparar a viagem dos últimos cerca de 26 mil cidadãos na mesma situação.

Os números foram revelados pelo responsável do departamento de Refugiados do Ministério da Assistência e Reinserção Social de Angola, Alfredo Leite, no âmbito do dia internacional do Refugiado, que se assinalou hoje.

«De 2002 a 2013 já regressaram mais de 500 mil angolanos que se encontravam na condição de refugiados», explicou Alfredo Leite, em declarações emitidas sexta-feira pela rádio pública de Angola.