Ashraf Ghani prestou, esta segunda-feira, juramento como Presidente do Afeganistão durante a cerimónia de investidura. Segundo a Lusa, a cerimónia teve lugar na capital, Cabul, a poucos meses da retirada das forças da NATO.

O economista de 65 anos sucede a Hamid Karzaï, único homem a ter dirigido o Afeganistão desde a queda dos talibãs em 2001. Cumpre-se assim a primeira passagem do poder entre dois chefes de Estado democraticamente eleitos na História do Afeganistão.

«Hoje, depois de 13 anos à frente do governo, tenho orgulho de transferir o poder para um novo Presidente», disse Hamid Karzaï, durante a cerimónia no Palácio Presidencial diante de dignitários.