Uma mulher fez-se explodir esta terça-feira dentro de uma esquadra de polícia de Istambul, na Turquia, provocando um morto.

 

Dois polícias ficaram feridos, um deles acabou por morrer.

 

As autoridades estão agora a tentar perceber se a mulher está relacionada com algum grupo, noticia a Reuters. A identidade e A nacionalidade da mulher não foram reveladas, embora testemunhas refiram que a mulher falava em inglês com sotaque, refere a BBC.

 

A zona, perto de museus e muito turística da capital turca, está vedada.

 

Este foi o segundo incidente em menos de uma semana na Turquia. Na quinta-feira, um homem foi detido após lançar granadas junto ao gabinete do primeiro-ministro. Ninguém ficou ferido na altura.