Um homem armado foi preso esta quinta-feira em Istambul, na Turquia, depois de ter lançado uma granada contra polícias, junto ao gabinete do primeiro-ministro.
 
O engenho acabou por não explodir.
 
O agressor foi detido de imediato na posse de uma pistola automática. O homem não foi ainda identificado, mas a imprensa turca assegura que se trata de um elemento de uma organização de esquerda, que esteve preso entre 2003 e 2006.