A polícia turca bloqueou hoje a marcha de diversos deputados curdos para denunciar o recolher obrigatório imposto em Cizre (sudeste), onde decorrem há uma semana violentos combates entre o exército e rebeldes curdos com vítimas civis.

A caravana automóvel saiu da vizinha província de Mardin, liderada pelo líder do Partido Democrático dos Povos (HDP, esquerda e pró-curdo), Selahattin Demirtas, mas foi bloqueada a cerca de 20 quilómetros da cidade, situada no sudeste da Turquia de maioria curda e próxima da fronteira com o Iraque.

“Para garantir a sua segurança (…) não permitimos que se desloquem a Cizre”, declarou aos jornalistas o ministro turco do Interior.

Selami Altinok confirmou, segundo a Lusa, a manutenção do recolher obrigatório imposto há uma semana.