Uma criança de três anos morreu e quinze pessoas ficaram feridas devido a uma explosão na cidade de Viransehir, na província turca de Sanliurfa, perto da fronteira com a Síria.

De acordo coma agência noticiosa turca Anadolu, o governador da região terá adiantado que a explosão foi provocada por um carro armadilhado, perto de um complexo habitacional onde residem juízes e procuradores.

O recurso a carros armadilhados tem sido frequente por parte dos operacionais do partido separatista curdo, PKK.