Um tribunal finlandês divulgou esta segunda-feira a identidade do suspeito de ter esfaqueado várias pessoas na cidade de Turku na sexta-feira: trata-se de Abderrahman Mechkah, de 18 anos.

A polícia está a investigar o que aconteceu como um ataque terrorista e já tinham adiantando, no sábado, que o é um cidadão marroquino, de 18 anos, sendo agora conhecida a sua identidade. Está a ser investigado por dois homicídios e oito tentativas de homicídio com intenção terrorista.

Os esfaqueamentos fizeram, recorde-se, dois mortos e oito feridos.

A polícia deteve, na noite de sexta-feira para sábado, cinco pessoas numa rusga a um apartamento da cidade de Turku, no âmbito da investigação.

Foi, já esta segunda-feira, que esses cinco detidos, também marroquinos, ficarão em prisão preventiva por suspeita de participação no ataque.

Logo a seguir ao atentado, a polícia deteve em poucos minutos o principal suspeito armado com uma faca, ferindo-o a tiro numa perna, numa praça do centro da cidade de Turku.

Em junho, os serviços de segurança finlandeses (Supo) aumentaram em um nível a sua avaliação do risco de ataque terrorista, por terem identificado atividade do grupo jihadista Estado Islâmico que poderia ter a Finlândia como alvo.

O risco, até então considerado "fraco", passou a ser "elevado", o segundo nível mais grave numa escala de quatro.