Um verão com tornados perigosos não desencorajou turistas britânicos de viajar para uma aventura de caça à tempestade na Alameda dos Tornados, nos Estados Unidos da América. Embora existam avisos, a adrenalina tem feito crescer este setor do turismo.

Roger e Caryn Hill, da agência Silver Lining Tours, no Colorado, dizem que cerca de 30% dos clientes para a caça ao tornado são do Reino Unido.

O casal propicia uma viagem de seis dias aos turistas à procura de tempestades, por vezes chegando a percorrer milhares de quilómetros em carrinhas, diz a «Sky News».

Segundo o Roger, os visitantes parecem sempre ansiosos, não pelo típico céu azul com sol, mas pelo contrário: a maior tempestade que conseguirem encontrar.

Embora haja riscos, os tornados parecem ser atrativos e não inibem os britânicos.

Turistas do Reino Unido gastam cerca de 2.300 euros para viajar com a agência do casal para as zonas de tempestade.

O objetivo dos grupos é estar no meio de escuras e pesadas nuvens para captar imagens únicas. Depois, nas carrinhas, atravessam as tempestades.