Três líderes de um grupo ligado à Al-Qaeda responsável por ataques na Tunísia foram abatidos, na semana passada, pelas forças de segurança, informou este domingo, o ministro do Interior.
 

“A operação levada a cabo na sexta-feira pelas nossas forças de segurança em cooperação com o exército na região de Gafsa [no centro do país] resultou na eliminação de cinco perigosos terroristas, incluindo três líderes” das Brigadas Okba Ibn Nafaa, o principal grupo ‘jihadista’ do país, disse o ministro do Interior tunisino, Najem Gharsalli, em conferência de imprensa.


Os três líderes foram identificados como Mourad Gharsalli, Hakim Hazi e Lounis Abou Fath, sendo os dois primeiros tunisinos e o último argelino.