Confrontos entre grupos armados foram registados junto ao aeroporto de Trípoli e os voos foram suspensos, informou fonte aeroportuária.

Rockets explodiram no perímetro do aeroporto por volta das 06:00 (05:00 em Lisboa). Seguiram-se confrontos entre «antigos rebeldes do Zenten que controlam o aeroporto e outros grupos que os combatem», disse a fonte sob anonimato.

Fortes disparos foram ouvidos desde o centro da cidade, segundo um correspondente da AFP.

Os confrontos ocorreram depois de apelos lançados nas redes sociais por militantes islamitas para expulsar os antigos rebeldes do Zenten das posições que ocupam em Trípoli, onde o aeroporto está situado, a 25 quilómetros da cidade.

Desde a queda de Muammar Kadhafi, em outubro de 2011, o aeroporto de Trípoli está sob o controlo de antigos rebeldes de Zenten, uma cidade a 170 quilómetros a sudoeste da capital.

Os Estados Unidos expressaram hoje a sua «profunda preocupação» perante os atos de violência contínua na Líbia e advertiram que a «perigosa» situação «poderá conduzir a um conflito generalizado» no país africano.

«Afirmamos o nosso apoio à transição democrática da Líbia e exortamos à formação do novo Parlamento o mais rapidamente possível», disse a porta-voz do Departamento de Estado norte-americano Jen Psaki.