O congressista republicano Trey Radel, condenado a um ano de liberdade condicional por posse de cocaína, anunciou na quarta-feira que vai tirar uma licença nesse período e doar o seu salário a organizações de beneficência.

«Estou aqui esta noite para assumir a responsabilidade do que fiz, para prestar contas e aceitar as minhas ações», disse Radel em conferência de imprensa.

Ao anunciar que vai «tirar uma licença de um ano e doar, nesse período, o salário a organizações de beneficência», o congressista acredita na «esperança de recuperar» e servir de «modelo» a toxicodependentes.