As autoridades do Japão levantaram o alerta de tsunami emitido esta segunda-feira após a ocorrência de um forte sismo no extremo sul do país.

Não foi registado qualquer tsunami na sequência do terramoto registado perto de Yonaguni, ilhote remoto que faz parte do arquipélago de Okinawa, localizado perto de Taiwan, informou a Agência Meteorológica do Japão, levantando o alerta aproximadamente uma hora depois de o ter emitido.

O alerta de tsunami foi lançado perante o risco de ocorrência de ondas de até um metro de altura, devido ao abalo, registado às 10:43 locais (01:43 em Lisboa), com uma magnitude de 6,6 na escala de Richter, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), que monitoriza a atividade sísmica em todo o mundo.