O ex-segurança voluntário de um bairro do Estado norte-americano da Florida George Zimmerman, que matou o jovem negro Trayyon Martin em legítima defesa no ano passado, foi detido na segunda-feira por violência doméstica, informou a agência Efe.

Zimmerman, de 30 anos, foi detido na casa da namorada Samantha Cheibe, que chamou o 911 para denunciar o caso.

«Ele está em minha casa a destruir tudo, porque pedi para ir embora», disse a mulher na sua chamada para o serviço de emergência.

Zimmerman explicou ao mesmo serviço que a namorada lhe disse que estava «grávida e que ia criar o filho sozinha».

De acordo com a Efe, Zimmerman terá apontado uma pistola contra a namorada.