O líder de um dos gangues de tráfico de droga mais influentes do México foi detido na quarta-feira, no culminar de uma operação que já durava há meses.

Omar Treviño Morales, conhecido com o nome de código Z-42, foi detido no norte do país. 

Omar Morales, de 38 anos, sucedera ao irmão à frente do grupo Zetas, um grupo violento suspeito de tráfico de droga e homicídio, há um ano, depois deste, Miguel Angelo Treviño Morales, ter sido preso em julho de 2013.

O «New York Times» recorda que este gangue é suspeito do massacre de um grupo de 72 migrantes em 2010 e 2011.O gangue também terá sido responsável ainda pela morte de mais 50 pessoas num casino, entre outros homicídios.

Esta detenção importante surge uma semana depois de um outro traficante ter sido detido. 

Por esclarecer totalmente continua o desaparecimento de dezenas de estudantes há alguns meses. 

O tráfico de droga e a insegurança são dos maiores problemas do México. Esta detenção é uma boa notícia quando o presidente mexicano se encontra na Europa em busca de investimento estrangeiro.