A imagem do toureiro Jiménez Fortes com a mão no pescoço para impedir a saída de sangue e o olhar de quem sabe que foi derrotado na maior arena de Espanha não deixam dúvidas: o touro, que viria a ser morto, ganhou aquele desafio, deixando o espanhol em estado muito grave.


 
Aconteceu na quinta-feira, na maior praça de touros de Espanha, Las Ventas, em Madrid, e a segunda maior a nível mundial.
 
Jiménez Fortes, de 25 anos, nascido em Málaga e filho de mãe toureira e pai bandarilho, é um promissor toureiro da nova geração que se encontra entre a vida e a morte.
 
Para quem assistiu de perto na arena o confronto homem-animal foi terrível, mas o facto de o toureiro ter saído pelo próprio pé não antevia o pior cenário.
 
Depois de atirado ao chão pelo touro, atingido no pescoço e levantado no ar como um trapo, Jiménez Fortes caiu de joelhos para receber assistência médica. Agarrado ao pescoço, deu uns passos para trás pelo próprio pé e foi recolhido pelos companheiros que o aguardavam do outro lado.
 
Foi golpeado duramente pelo touro e, depois de assistido na enfermaria de Las Ventas, foi transferido para o Hospital São Francisco de Assis, em Madrid, onde se encontra internado com prognóstico muito reservado.