Cinco crianças e uma mulher morreram, esta sexta-feira, no Japão na sequência de um incêndio alegadamente provocado pelo pai dos menores, noticiou a imprensa japonesa.

A polícia descobriu cinco cadáveres num apartamento da cidade de Hitachi, a uma centena de quilómetros a norte de Tóquio, depois do fogo ter sido extinto esta manhã, indicou a agência de notícias nipónica Jiji.

Uma das crianças foi resgatada em estado crítico, mas acabou por morrer no hospital. As crianças tinham entre 3 e 11 anos.

Um homem de cerca de 30 anos declarou às autoridades que tinha incendiado a habitação, informou a Jiji, citando fontes policiais.

Segundo a imprensa, o homem é o pai das cinco crianças.